Aqui no MMN de Sucesso, nós já te explicamos o que é marketing multinivel, quais são suas principais vantagens e porque esse modelo de negócios é uma excelente maneira de ganhar um dinheiro extra ou até mesmo construir uma grande organização, conquistando uma renda residual pelo mercado de consumo e vendas de produtos que você criar.

Mas, apesar de tudo que já apresentamos por aqui, nada melhor do que ouvir a pessoa, que é hoje uma das maiores referências em nosso país, quando o assunto é finanças pessoais. Continue lendo este artigo para saber qual é a opinião de Gustavo Cerbasi sobre o marketing multinivel.

Quem é Gustavo Cerbasi?

Autor de livros que são verdadeiros campeões de vendas, como “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, “Investimentos Inteligentes” e “Como Organizar Sua Vida Financeira”, Gustavo Cerbasi é um escritor brasileiro que também atua como palestrante e consultor financeiro. Gustavo é especialista em finanças e suas obras já ajudaram mais de 1.7 milhões de pessoas em todo território nacional.

O Que Cerbasi Pensa Sobre o Marketing Multinivel?

Gustavo Cerbasi não faz parte de nenhuma empresa de marketing multinivel e por esse motivo consegue mostrar uma visão transparente sobre o assunto. Se você entrou recentemente para o MMN e ainda não tem crença nesse modelo de negócios ou se você ainda está construindo sua opinião sobre o marketing de rede, dê o play no vídeo abaixo e saiba o que um dos maiores educadores financeiros do Brasil pensa sobre o assunto:

Transcrição do Vídeo

Não pode assistir ao vídeo acima agora? Sem problemas, leia a transcrição abaixo e saiba qual é a visão de Cerbasi sobre o marketing de rede.

(…) Quando a gente não sabe se emprego é algo certo, quando a gente não sabe se o nosso trabalho será para sempre, se a empresa irá nos manter, o que fazer? Como fazer para dar aquele passo inicial em direção a uma carreira mais independente, de não ter patrão, de montar seu próprio negócio, de empreender seu projeto pessoal, sua marca, suas escolhas? Bom, eu considero vários níveis de escolha a fazer quando se pensa em um negócio próprio. Tanto que os três Periscopes que marcamos para os próximos três dias (hoje e mais dois), tem a ver com marketing multinivel e vendas diretas, na sequência vamos falar sobre franquias (amanhã), depois sobre marcas próprias. Essa ordem não é aleatória, pois eu considero um nível crescente de risco, um nível crescente de remuneração, potencial também.

É importante avaliar as diferenças. Quando se fala de marketing multinivel, estamos falando de aspectos que, de certa forma, exigem menos responsabilidades ou menor preocupação com criação de marca, com administração de marca, até com menor responsabilidade com relação à estratégia. Então, o que é o marketing multinivel? Multinivel é tudo aquilo que você tem uma estrutura de pessoas que lideram outras pessoas abaixo de si. Então no MMN, pessoas são convidadas a participar do que é ou será uma rede. As pessoas são convidadas a formar uma rede abaixo de si e são remuneradas por sua capacidade, não só de vender, mas também de fidelizar outros potenciais empreendedores para entrar “dentro da sua rede”. Por isso, são remunerados por isso. (…)

Vamos diferenciar um pouquinho marketing multinivel de pirâmide, pois sempre tem uma confusão muito grande. As pessoas confundem não só o multinivel, mas também o conceito de vendas diretas. Existem empresas que não têm sua própria loja, não tem uma estrutura comercial maciça, mas dependem da pulverização de seus credenciados, afiliados, seus consultores, para fazer com que sua marca venda alguma coisa. É muito comum isso em produtos de venda de catálogo, venda porta a porta, produtos de cosméticos que a gente ouve falar muito: Natura, Jequiti, Mary Kay, esse é o tipo modelo de vendas diretas.

Vendas diretas podem ou não estar no modelo multinivel. Quando no modelo de vendas diretas eu tenho líderes que orientam, informam e coordenam pessoas que estão há menos tempo no projeto. Esses líderes também são liderados por outros líderes mais experientes (característica do multinivel). Também tem o multinivel em algo que não seja vendas diretas. Por exemplo: posso ter um grande varejista, em que suas lojas são gerenciadas por gerentes principais que vão ter gerentes secundários, que vão orientar, formar, acompanhar e liderar vendedores e as pessoas vão ser remuneradas pelo desempenho do seu time. Então, na prática, vendas diretas é uma coisa, multinivel é outra coisa.

Como que eu administro o marketing multinivel? Como eu entendo e como diferencio tudo isso? Multinivel envolve treinamento, multinivel envolve um modelo padrão de negócio, uma linguagem padrão para se comunicar com o cliente. A grande vantagem do multinivel é que você já tem uma abordagem padronizada daqueles que orientam seus liderados. Então, essa abordagem padronizada é um treinamento que envolve técnicas comerciais já testadas, que envolve táticas de branding já testadas, que envolve toda uma maneira de você exercitar uma aproximação do cliente, de exercitar uma maneira de convencer o seu cliente a comprar, técnicas comerciais bastante consolidadas.

Então, a vantagem de entrar em um projeto de MMN, é que você já tem um treinamento padrão, já tem a marca, já tem o produto, já tem a técnica de venda. Obviamente, toda essa conveniência faz com que seu ganho seja diluído, pois esse modelo para funcionar envolve um treinamento maciço. Assim como você irá ganhar uma comissão, e parte do valor da venda comissionará o seu líder, que comissionará o líder desse líder. Então, eu diria que marketing multinivel é um projeto de menor risco, diante da maior certeza de ganho. Você coloca pouco dinheiro (como assim pouco dinheiro se eu tenho que comprar alguma coisa?), quando você compara o investimento para se entrar no marketing multinivel, com o investimento de aquisição de uma franquia ou investimento de montar um negócio de marca própria, você percebe nitidamente o que é um baixo investimento. Investe-se menos, consequentemente você tem um risco menor de perda. Toda maneira de vender o produto e comercializar é muito mais balisada, é muito mais calibrada, consequentemente o risco sobre a marca fica muito pequeno. Então, para garantir que essa marca sobreviva, você dilui seus ganhos, divide seus ganhos com os outros.

Teve gente que comentou aqui sobre pirâmide (…) Não vamos confundir MMN com a tão depreciada pirâmide financeira (…) Como é que a gente diferencia? A regra não é tão clara, não é tão simples. Quando você tem a experiência de vender algo que o consumidor deseja, quando você está focando no produto, você vai ter no marketing multinivel um projeto empreendedor como qualquer outro, em que você tem o respaldo do treinamento, da marca, da liderança, de todos aqueles que coordenam ou controlam suas ações para que você não erre ao administrar essa marca. Então, quando o foco está no produto, você pode ter no MMN algo de muito sucesso.

Vamos citar um exemplo? Herbalife, é um ótimo exemplo de empresa de marketing multinivel bem sucedida. Por que? Porque as pessoas estão em uma vibe, em um momento da economia, da história, da sociedade brasileira, de comprar produtos emagrecedores, de dieta saudável, para se perder peso. Então, nessa lógica, a partir do momento que se cria uma empresa que, dentro do MMN oferece para o mercado uma solução que o mercado procura, você tem uma ótima estratégia comercial para começar com baixo risco.

Quando o foco deixa de ser no produto e passa a ser no negócio (entre aqui porque você vai ganhar porque outras pessoas vão entrar na sua rede), o “vender” fica em segundo plano e a entrada das pessoas na rede passa a ser o grande argumento de venda, de sucesso no negócio, você está diante de uma potencial pirâmide. Eu falo “potencial” por que? Vamos pegar um outro exemplo, uma empresa tradicional dos EUA, a Amway, cujo aspecto mais marcante é vender produtos de higiene, limpeza, produtos de conveniência para casa, com uma qualidade muito acima do que os do mercado. Nos Estados Unidos, sempre foi e continua sendo um negócio de marketing multinivel de extremo sucesso. Existem arenas, ginásios, pistas, autótromos patrocinados pela Amway (um negócio que nunca deixou de ser um sucesso lá). O norteamericano preza muito pela qualidade e a Amway oferece produtos típicos daquilo que as pessoas querem comprar.

A Amway quando chegou no Brasil há alguns anos, ela foi muito bem trabalhada, mas aos poucos começou a se trabalhar mais o sucesso do negócio do que o sucesso do produto, e o que aconteceu? Se confundiu muito um bom negócio com uma potencial pirâmide. Isso acabou prejudicando muito a imagem da empresa no Brasil e o sucesso que a empresa tem lá fora não se repete aqui. A Amway foi embora do Brasil? Não, ela continua no Brasil, hoje com uma abordagem muito mais restrita, muito mais limitada, para aquele publicado que quer comprar um produto de qualidade, que procura algo diferenciado e vai encontrar em alguas lojas, em alguns mercados, com algumas pessoas que continuam afiliadas a sua rede, com uma divulgação muito mais modesta, não promovendo tanto o negócio, pois o que se “vende” agora é o produto. Uma pena, porque houve uma grande rede de afiliados no Brasil, que lidando mal com a marca, exagerando no aspecto da “venda” do negócio, acabou prejudicando um bom produto de marketing multinivel.

Então, a questão é: vale a pena entrar no marketing multinivel? Eu acho que se você, hoje, está empregado, tem medo de montar um negócio novo, se associar a uma pessoa para começar uma marca própria, não tem tempo para começar um negócio próprio e quer começar algo em paralelo com a sua carreira profissional, para colher algo lá na frente, o MMN lhe dá uma liberdade de agenda, uma flexibilidade, uma oportunidade de aprendizado, uma oportunidade de trocar experiências, porque em um negócio de marketing multinivel você poderá participar de convenções, de encontros, espaços de reunião e debate. Todas empresas de MMN têm o esforço muito grande de reunir as pessoas para trocar experiências e aprendizado para que isso funcione muito bem. Então, é sim uma boa maneira de começar e aprender.

Você vai ficar rico no multinivel? A questão é: qual empreendedor fica rico sem trabalhar? Se você, talvez iludido em uma abordagem comercial, foi convencido de que vai ter sucesso, porque entrou no MMN e tem muitos amigos e os amigos podem ajudar você a ganhar muito dinheiro com esforço deles, está aí uma pessoa que em pouco tempo estará sem sucesso financeiro, sem sucesso, sem negócio e sem amigos. Porque você vai desgastar suas relações pessoais, convencendo pessoas que não foram convencidas como você de que é hora de montar um negócio próprio, a entrar em algo que elas não acreditam. Vai se desperdiçar relacionamento? Não! Quer ganhar dinheiro no multinivel? Encare isso como um trabalho, se dedique ao aprendizado, sacrifique alguns finais de semana, feriados, atue como um verdadeiro empreendedor, corra atrás do consumidor, teste suas estratégias e quando começar a ganhar dinheiro, promova sua história. Provavelmente seus parentes, seus colegas, vão se admirar pela sua história e vão desejar fazer parte do seu negócio de sucesso, quando tiverem contato com suas reflexões. Então, nesse momento você estará criando energia necessária para trazer as pessoas certas para sua rede. Essa é uma maneira de fortalecer uma rede. Não tentar convencer as pessoas a entrarem para uma rede para que elas paguem uma comissão para você, de algo que nem você conseguiu vender.

Então, o marketing multinivel é sim uma boa oportunidade de, na crise por exemplo, criar uma renda complementar. Mas, que se você atuando como empreendedor, como uma pessoa séria, se dedicando com energia, aos poucos você pode ver nesse tipo de negócio, a sua principal fonte de renda daqui um tempo, seja por desemprego, seja porque o seu negócio vai crescer e você vai precisar dedicar mais energia. (…)

Realmente, existe muito preconceito nessa área, muita resistência, porque muitas empresas chegaram com abordagem equivocada, vendendo o negócio em vez de vender o produto e as pessoas se desgastam com isso. Obviamente, isso acaba queimando bastante da oportunidade. Mas, sempre leve em consideração que se você tem hoje uma condição de aprendizado interessante, uma rede que pode fortalecer todo um aspecto de marca, de tira dúvidas, de aprendizado, de alguém que possa te dar um respaldo, isso tudo fortalece a postura de um novo empreendedor.

Empreender não é fácil. Se você está concorrendo com a carreira e não quer abandonar de vez o emprego porque depende da renda para se sustentar, uma maneira interessente é começar com a flexibilidade do multinivel, para poder, com menos risco e também menos investimento, poder experimentar a sua capacidade de ser empreendedor. Não dependa dos amigos, dependa do seu suor, das suas horas livres para fabricar uma carteira vencedora de clientes. Essa é a receita para funcionar muito bem!